Rio Grande - PI, 21 de Janeiro de 2018.
Home Notícias Eventos Vídeos Recados Contato

 Oferecimento:
 
  Menu
  Entretenimento
  Conteúdos
  Entrevistas
  Nossa Equipe
  Parceiros:
  Anunciantes:


criar banner


criar banner

Postado em: 08/04/2017 às 16h26
Seminário discute profissões de Agentes Comunitários
Seminário discute profissões de Agentes Comunitários

Agentes comunitários de saúde (ACS) e agentes comunitários de endemias (ACE) participaram na manhã desta sexta-feira (07), no Centro de Convenções Atlantic City, do Seminário Estadual de Formação dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias. O momento contou com a presença do presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Gil Carlos, os deputados federais Silas Freire e Valtemir Pereira (MT), relator do PL 6437/2016, que regulamentará as profissões e de líderes sindicais.

 

O presidente da APPM destacou que é uma vontade dos prefeitos investir cada vez mais nessa política pública, fundamental para o avanço na qualidade de vida do cidadão.

DSC_0061.JPG

 

“Os prefeitos piauienses querem investir nessa ação, mas há um subfinanciamento por parte do governo federal. Queremos mais recursos, pois os municípios sozinhos não podem vencer esse desafio de dar as condições ideias para que os agentes de saúde e endemias tenham o exercício pleno de suas funções”, afirmou Gil Carlos.

 

Os ACSs e ACEs de todo o país se mobilizam para discussão, e posterior aprovação, do Projeto de Lei 6437/16, que tem por principal finalidade ampliar o grau de formação profissional dos agentes e estabelecer as condições e tecnologias necessárias para o aprimoramento profissional. Outro importante pedido dos profissionais é de ajuste do piso salarial.

DSC_0018.JPG

 

O deputado Silas Freire destacou que os agentes de saúde e endemias são os nossos soldados da saúde. No Piauí são 11 mil agentes que merecem ser valorizados, afinal de contas, eles são os profissionais de saúde mais presentes nas comunidades, inspecionando residências, levando orientações e fazendo levantamentos, um trabalho tão importante para gente prevenir e combater doenças como a temida zyka, chinkungunya e outras.”, argumentou.

DSC_0020.JPG

 

As dificuldades encontradas pelos agentes são muitas, desde os baixos salários até a contratação de outras pessoas para realizar atividades que já são atribuições deste grupo profissional, a partir de portarias criadas pelo Ministério da Saúde. 



 
LINK - ESPALHE POR AÍ!
 
.:: Mais Notícias sobre Piauí
12/11/2017 Fórum discute estratégias de prevenção às drogas entre jovens no Piauí
20/08/2017 "Realizei um sonho e sonhei pelo meu Piauí", diz Miss Brasil
08/04/2017 Seminário discute profissões de Agentes Comunitários
   Agenda

nenhum registro encontrado!


   Anunciantes:


criar banner


criar banner


criar banner


   Clima/Tempo:



    (89) 9411-8888 / (86) 9917-0091 / 86) 9411-7912
riograndenews@hotmail.com

© Copyright 2013/2018, Uma Realização da AARGPI +Mais Cidadania - - Todos os direitos reservados.